Para solicitar informações sobre nossos produtos ou para questões técnicas e comerciais, digite seu endereço de e-mail e preencha o formulário.

Nadadeira de Forflex

Forflex ® (TPO)

Composto a base de Poliolefinas Termoplásticas
A familia dos elastomeros termoplásticos Forflex® é formada por compostos heterofásicos baseados em uma fase elastomérica amorfa, geralmente de natureza poliolefina, e uma fase cristalina, tambem de natureza poliolefina.
Esta composição química a proporciona a elasticidade aos produtos finais (até 70 - 80°C aproximadamente), enquanto que a temperaturas mais elevada o material torna-se fluido adquirindo as propriedades reologicas típicas dos plastomeros.
Devido a isso, esses compostos são classificados TPO.
Os elastomeros termoplásticos Forflex® se caracterizam por:
  • Boa resistencia aos agentes atmosféricos
  • Excelente capacidade de isolamento eléctrico
  • Baixo peso específico (a partir de 0,89 g/cm3)
  • Excelente comportamento elástico a baixas temperaturas
  • Colorabilidade excelente
  • Adesão ao PP e materiais à base de poliolefina
  • Grades standard de injeção e extrusão
  • Contato com alimentos

AUTOMOTIVO

Arco da roda, pára-lamas, tapete.

CONSTRUÇÃO

Guarnições para janelas co-injetadas com TPE

ESPORTE e LAZER

Artigos para mergulho (nadadeiras), para esqui (botas de neve)

Forflex® especialmente desenvolvido para co-injeção  e co-extrusão com polipropileno (PP). 
Forflex® pode ser processado utilizando a tecnología típica de transformação de termoplásticos, como moldagem por injeção e extrusão.
FUSOS DE PLASTIFICAÇÃO: os fusos mais adequados são os utlizados para processamento de poliolefinas >= 20 L/D e relação de compressão 2,5 - 3,5:1
VELOCIDADE DE PLASTIFICAÇÃO: alta
VELOCIDADE DE PLASTIFICAÇÃO: alta
PRESSÃO DE INJEÇÃO: media
CANAIS DE ALIMENTAÇÃO: se recomenda utilizar canais de alimentaçâo de secção circular, o mais curto possivel e com um diametro que se estreita progressivamente.
PONTOS DE INJEÇÃO: geralmente de secção circular de diámetro >= 0,7 mm.
SAIDAS DE GAS: se aconselha que as cavidades disponham de saidas de gas oportunas (diámetro 0,03-0,05 mm)
SECAGEM: geralmente não é necessario

TEMPERATURAS INDICATIVAS DE INJEÇÃO:
Dureza < 85 ShA: 1ª Zona 160 °C | 2ª Zona 170 °C | 3ª Zona 180 °C | Cabeçote 190 °C | Molde 20-40 °C
Dureza > 85 ShA: 1ª Zona 170 °C | 2ª Zona 190 °C | 3ª Zona 200 °C | Cabeçote 210 °C | Molde 20-40 °C
Para a extrusão de Forflex® são utilizadas extrusoras monorosca.

Um leve estiramento do material extrusado lhe proporciona melhores propriedades físico-mecanicas e pode obter-se modificando a velocidade do puxador.

FUSOS DE PLASTIFICAÇÃO: os fusos mais adequados são os utilizados para transformação de poliolefinas >= 20 L/D e relação de compressão 2,5:1 
Abaixo, um exemplo das condições operativas  otimizadas para uma extrusora monorosca de diámetro = 45mm; L/D = 20 y R.C. = 2,7.

TEMPERATURAS INDICATIVAS DE EXTRUSÃO:
Dureza < 90 ShA: 1ª Zona 160 °C | 2ª Zona 170 °C | 3ª Zona 190 °C | Matriz 170 °C
Dureza > 90 ShA: 1ª Zona 180 °C | 2ª Zona 210 °C | 3ª Zona 220 °C | Matriz 210 °C

Forflex® é um material totalmente reciclavel e se pode reutilizar após ser moido. O usuario sempre deverá realizar os testes necessarios para garantir que o material obtido a partir da mistura de grão virgem e material moido seja apto para a aplicação e respeite os parametros desejados.
Recomenda-se armazenar o produto em local coberto, protegido da umidade e do calor.
Os cookies nos ajudam a fornecer nossos serviços. Ao usar esses serviços, você concorda com nosso uso de cookies. Para maiores informações, por favor visite nossa seção de Política de Privacidade e Cookies.