Para solicitar informações sobre nossos produtos ou para questões técnicas e comerciais, digite seu endereço de e-mail e preencha o formulário.

rolha de vinho de laprene

Laprene ® (SEBS)

Compoesto a base de Estireno-Etileno-Butileno-Estireno
A marca Laprene® identifica uma família de Elastômeros Termoplásticos cuja fase elastomérica está composta por borracha SEBS (Estireno-Etileno-Butileno-Estireno) e a fase plástica geralmente é poliolefina. A fase plástica permite transformar Laprene® de forma simples e econômica, utilizando a tecnologia típica dos materiais termoplásticos, além de ser totalmente reciclável. A fase elastomérica proporciona ao material as propriedades elásticas e as baixas durezas que caracterizam a borracha.
A natureza química saturada da borracha SEBS, livre de ligas duplas, proporciona a linha Laprene® as propriedades de resistência aos raios UV e agentes atmosféricos.
A família Laprene® contém uma ampla gama de referência com características muito interessantes:
  • Excelente resistência aos raios UV, ozono e ao envelhecimento por agentes atmosféricos
  • Uma ampla faixa de durezas de 2 ShA a 60 ShD
  • Temperatura de serviço de -50°C a +120°C dependendo do grade
  • Excelente resistência a fadiga
  • Boa resistência a vários agentes químicos como bases, ácidos, álcoois, detergentes e soluções aquosas
  • Alta memoria elástica em um amplo intervalo de temperaturas
  • Alto grau de isolamento térmico e eléctrico
  • Reologia dedicada ao tipo de processo de transformação
  • Densidade de 0,90 g/cm3 até 1,20 g/cm3
  • Colorabilidade fácil e excelente aspecto estético
 

PORTFOLIO DE PRODUTOS

  • Grades standard de injeção carregados e semi-carregados , com dureza de 10 shore A a 50 shore D
  • Grades translúcidos e transparentes a partir da dureza 2 shore A
  • Grades de extrusão com durezas entre 25 shore A e 90 shore A
  • Grades com adesão em substratos polares: ABS, PC, PC/ABS, ASA, PETG, PMMA, SMMA
    Laprene 830.696 para aplicações de adesão em PS.
    Laprene serie 84 para aplicações de adesão em PE.
  • Grades para contato com alimentos: para processos de injeção (podendo ser expandido) e extrusão.
  • Grades com alta fluidez
  • Grades com uma melhor resistência a temperatura de até 120°C

AUTOMOTIVO

Tapetes porta luvas, encapsulamento de vidro, toque emborrachado, aspecto aveludado.

CONSTRUÇÃO

Guarnições para portas e janelas, guarnições hidráulicas simples e bi injetadas

ELETRODOMÉSTICOS

Guarnições magnéticas para geladeira, empunhaduras para eletro-utensílios, revestimentos para controles e botões.

ELETRONICO

Revestimento para telefones celular, painéis de comando, proteção para-choques para aspiradores.

ESPORTE e LAZER

Artigos para mergulho (snorkels, máscaras e nadadeiras), para esqui (botas e empunhadura para bastão de neve).

SETOR ALIMENTÍCIO

Rolhas sintéticas para vinhos e bebidas alcoólicas, guarnições para recipientes para alimentos.

COSMÉTICOS

Soft-touch escovas de dente e itens de saúde, revestimento de frascos para perfumaria.

Laprene® é especialmente adaptado para a co-injeção  e co-extrusão com polipropileno (PP). Também existem grades especiais para adesão com outros termoplásticos como: ABS, PC, PC/ABS, ASA, PETG,PMMA, SMMA.
Laprene® pode ser processado utilizando técnicas de injeção, extrusão, sopro, calandra e termoformagem. Geralmente não é necessária secagem antes da transformação, exceto para grades especiais.
FUSOS DE PLASTIFICAÇÃO: os fusos mais adequados são os utilizados para processamento de poliolefinas  ≥ 20 L/D e relação de compressão 2,5 - 3,5:1
VELOCIDADE DE PLASTIFICAÇÃO: alta
VELOCIDADE DE INJEÇÃO: médio-alta
PRESSÃO DE INJEÇÃO: média
CANAIS DE ALIMENTAÇÃO: se recomenda utilizar canais de alimentação de seção circular o mais curto possível e com diâmetro que se estreita progressivamente.
PONTOS DE INJEÇÃO: geralmente de seção circular e de diametro ≥ 0,7 mm se aconselha não utilizar diâmetros inferiores a 0,3 mm sem haver previamente escolhido os grades mais adequados de acordo sugeridos pela Assistência Técnica da SO.F.TER.
SAÍDAS DE GÁS: se aconselha que as cavidades disponham de saídas de gás oportunas (diâmetro 0,03-0,05 mm)
CONTRAÇÃO DO MOLDE: geralmente variam entre 1,5% e 3,5% segundo a dureza do material.

TEMPERATURAS INDICATIVAS DE INJEÇÃO:
Dureza < 80 ShA: 1ª Zona 170 °C | 2ª Zona 180 °C | 3ª Zona 180 °C | Cabeçote 190 °C | Molde 20-40 °C
Dureza > 80 ShA: 1ª Zona 180 °C | 2ª Zona 190 °C | 3ª Zona 190 °C | Cabeçote 200 °C | Molde 20-40 °C
FUSOS DE PLASTIFICAÇÃO: os fusos mais adequados são os indicados para transformação de poliolefina tendo comprimento ≥ 24 L/D e relação de compressão 2,1 - 3:1
MATRIZ: se recomenda um comprimento da zona paralela de < 10 mm
PLACA FILTRO: Malha de 60
SECAGEM: geralmente não é necessário

TEMPERATURAS INDICATIVAS DE EXTRUSÃO:
Dureza < 75 ShA: 1ª Zona 160 °C | 2ª Zona 170 °C | 3ª Zona 180 °C | Cabeçote 180 °C | Matriz 170 °C
Dureza > 75 ShA: 1ª Zona 170 °C | 2ª Zona 180 °C | 3ª Zona 185 °C | Cabeçote 195 °C | Matriz 185 °C
Laprene® é um material totalmente reciclavel e se pode reutilizar após ser moido. O usuario sempre deverá realizar os testes necessarios para garantir que o material obtido a partir da mistura de grão virgem e material moido seja apto para a aplicação e respeite os parametros desejados.
Recomenda-se armazenar o produto em local coberto, protegido da umidade e do calor.
Os cookies nos ajudam a fornecer nossos serviços. Ao usar esses serviços, você concorda com nosso uso de cookies. Para maiores informações, por favor visite nossa seção de Política de Privacidade e Cookies.